Menu

Paróquia Nossa
Senhora de Fátima

Periódico Ano I – Nº 02 – Julho de 2017

13 AGO 2017
13 de Agosto de 2017

 

O OLHAR FIXO EM JESUS: 

A VOCAÇÃO DA FAMÍLIA

“A família e o matrimônio foram redimidos por Cristo, restaurados à imagem da Santíssima Trindade, mistério de onde brota todo o amor verdadeiro. O exemplo de Jesus é o modelo perfeito para a igreja, Ele inaugurou a sua vida pública com o sinal de Caná, realizado em um banquete de núpcias, compartilhou momentos frequentes de amizade com a família de Lázaro e suas irmãs, e com a família de Pedro. Ouviu o pranto dos pais pelos seus filhos, restituindo-os a vida e manifestando deste modo o verdadeiro significado da misericórdia. Precisamos mergulhar também no mistério do nascimento de Jesus no “sim” de Maria ao anúncio do anjo, e ainda no “sim” de José que deu o nome a Jesus e cuidou de Maria; na festa dos pastores; no presépio; na adoração dos magos; na fuga para o Egito … E em seguida penetrar nos trinta longos anos em que Jesus ganhava o pão trabalhando com suas mãos, sussurrando a oração e a tradição crente do seu povo e formando-se na Fé dos seus pais. Este é o mistério de Natal e o segredo de Nazaré, cheio de perfume da família! Aqui compreendemos o modo de viver em família, a comunhão de amor, nos faça ver como é doce e insubstituível a educação em família, nos ensine a sua função natural na ordem social. Podemos dizer que toda a pessoa que deseja formar neste mundo uma família, que ensine os filhos a alegrar-se por cada ação que se proponha vencer o mal – uma família que mostre que o Espírito está vivo e operante.

 

A TRANSMISSÃO DA VIDA E A EDUCAÇÃO DOS FILHOS

O filho pede para nascer, não de qualquer maneira, mas do amor, porque ele não é uma dívida, mas uma dádiva, que é o fruto do ato específico do amor conjugal de seus pais. Deste modo o Criador tornou o homem e a mulher partícipes da obra da sua criação e transformou-os ao mesmo tempo em instrumento do seu amor, confiando à sua responsabilidade o futuro da humanidade através da transmissão da vida humana. Um dos desafios fundamentais que as famílias enfrentam hoje é seguramente o desafio educativo, que se tornou ainda mais difícil, e complexo por causa da realidade cultural atual e da grande influência dos meios de  comunicação. A igreja desempenha um papel precioso de apoio às famílias, à começar pela iniciação Cristã. Mas muito importante lembrar que a educação integral dos filhos é dever gravíssimo e direito primário dos pais. Não é apenas um encargo ou um peso, mas também um direito essencial e insubstituível que estão chamados a defender e que ninguém deveria pretender tirar-lhes. Infelizmente abriu-se uma fenda entre família e sociedade, entre família e escola; hoje, o pacto educativo quebrou-se; e, assim, a aliança educativa da sociedade com a família entrou em crise. A igreja é chamada a colaborar com uma ação pastoral adequada para que os próprios pais possam cumprir a sua missão educativa. A Igreja é um bem para a família, a família é um bem para a Igreja. O amor vivido nas famílias é uma força permanente para a vida da Igreja. A alegria pela vida que nasce e pelo cuidado amoroso por parte de todos os membros, desde os pequeninos até os idosos, são alguns dos frutos que tornam única e insubstituível à vocação da família, tanto para a Igreja como para a sociedade inteira”.

 

 

REFLEXÃO:

 

 

 

 

1) Como podemos fazer para que a misericórdia esteja presente na nossa vida familiar?

 

2) Ter uma família com paz e amor, é sem dúvida o desejo de todos. Mas na convivência diária, no casamento e na família há algumas dificuldades. Que fazer para superar essas dificuldades.

 

3) Um dos desafios fundamentais que as famílias enfrentam hoje é a educação dos filhos. E nós, estamos sendo Igreja doméstica para nossos filhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar
Tenha você também a sua rádio